sexta-feira, 23 de agosto de 2013

A Dança (na Janela da Minha Alma)




"Bailarina" Andrew Atroshenko



Não sinto o esforço

Sobre o chão,

Os meus pés livres

Giram as palavras

Que voam sobre a tua boca.

Docemente deixam a tua alma radiante,

Com a suavidade das minhas mãos

Que entrelaçam nas tuas,

No encontro das horas dos pássaros...

Sinto os rodopios,

Mas, fixo no teu olhar

Um caminho que conheço muito bem

Na janela da minha alma.

Sempre ficará

A tua imagem na janela da minha alma...



Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)

Imagem: Obra de Andrew Atroshenko




20 comentários:

  1. Su,

    Poema Lindo!!!

    Viajei nestas belas metáforas...

    Bom final de semana!

    Beijinhos.

    Nara.

    ResponderExcluir
  2. Se há algo que me deslumbra, é uma bela dança poética. E tu sentes o voo das palavras - naturalmente.
    Bem hajas, querida amiga.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Suzete,
    Felizmente há momentos assim, em que é possível sentir a "...imagem na janela da minha alma".
    Muito belo.

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  4. Há imagens que perduram além tempo
    E nesse tempo que decorre
    a imagem faz-se palavra
    E da palavra se faz verso

    "Um caminho que conheço muito bem"

    Bjo.

    ResponderExcluir
  5. A eterna imagem
    (Que não precisa palavra)
    Só sentir…
    olhar que fala como palavra, nada mais é preciso
    São voos que transbordam as almas
    (A eternidade de ti em mim)

    Gostei muito, muito.
    Um poema onde as palavras dançam levemente
    E perfeitamente, como uma bailarina.

    Beijinho,Amiga

    ResponderExcluir
  6. Belíssimas imagens dançarinas e se ficam "retidas" na alma é como estar em permanente esvoaçar, num eterno baile de sentidos...

    Obg por poder ler mais um excelente poema, querida Suzete.

    Bjo :)

    ResponderExcluir
  7. eu diria que este poema é sem duvida alguma um belo bailado de palavras com muito significado.
    a imagem escolhida acompanha bem.
    uma boa semana.
    um beijo

    :)

    ResponderExcluir
  8. Um rodopio de emoções às portas da alma...

    Beijinho e boa semana!!!

    ResponderExcluir
  9. Sempre nos foge o chão... quando o amor conosco dança... E a poesia que exalas a todo o instante, minha querida Suzete, é a musica...

    ResponderExcluir
  10. Uma dança que é canto de louvor.


    Um beijo

    ResponderExcluir
  11. um bom final de semana.
    com muita inspiração.
    beijo

    :)

    ResponderExcluir
  12. Bom dia, Suzete. Fixar a alma, eternizar o olhar da pessoa amada, é algo que não tem como esquecer.
    Um amor que de tão leve rodopiou, construiu sensações de amor, de resplendor e enterneceu sentimentos.
    Que essa magia, essa dança, não seja interrompida de forma violenta, pelos maus passos que damos nos desequilibrando chegando a cair.
    Lindo poema, como todos.
    Tenha um fim de semana de paz!

    ResponderExcluir
  13. Que maravilhoso encontro nessas "horas dos pássaros", momento no qual se rodopia leve e docemente, e se guarda na alma aquele olhar...
    Um poema muito belo Suzete! Tudo o que é belo é simples, mas para escrever com simplicidade e qualidade é preciso muito talento, algo que sinto por aqui.
    Além disso o blog está muito bonito, gosto da cor e escolhes imagens também muito especiais. Gostei muito, não deu tempo para ler tudo, mas voltarei para ler mais.
    Agradeço a tua visita ao meu humilde blog, que agora retribuo.
    Seguir-te-ei também com todo o prazer.
    xx

    ResponderExcluir
  14. Da janela de nossa alma é sempre onde temos a melhor visão da vida.
    Lindo seu poema.
    Vim, li, gostei, segui, voltarei.

    ResponderExcluir
  15. A cumplicidade das almas revelada nos passos da dança.É bom dançar assim...

    Lindo.

    Beijinho e grata pela visita.Será sempre bem vinda.

    ResponderExcluir
  16. Dizem que olhos são as janelas da alma....
    acho que creio nisso.
    Então o sorriso deve ser a porta.
    ~Edmilton Pedroso
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  17. Dizem que olhos são as janelas da alma....
    acho que creio nisso.
    Então o sorriso deve ser a porta.
    ~Edmilton Pedroso
    Cumprimentos

    ResponderExcluir

Este é um espaço importante para você deixar inscrito:

A sua presença,

O seu sentir,

A sua leitura,

A sua palavra.

Grata por compartilhar este momento de leitura aqui!

Abraço de Paz!

Suzete Brainer.