quinta-feira, 17 de agosto de 2017

A Vida É Uma Garça








                            A vida é uma graça

                                           Uma garça branca

                                                    Voando na praça.

                                                                  Na praça

                             Há vida

                                          A graça da garça branca

                                                    Voando no infinito...

                                                                  No céu

                            Um ponto branco

                                         A garça

                                                   Com a graça da vida!

                          
                         Suzete Brainer (Direitos autorais registrados) 

                         Imagem: Google




                         

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Eclipse





nishe:

Gustav Klimt




 Hoje,

           sinto uma inquietude
   
                   correndo pelas minhas veias,

     Arranhando a minha paz.


     Solenemente um ar triste

                 deseja possuir-me.

     Mas,

           me encontro

                 Indisponível.

      Formalmente digo não,

           e busco a minha alegria

           que ultimamente

          anda muito fora de casa

      apagando as luzes

     da minha

                estação.


      Mas olho,

      e, ao olhar,

      me sinto inteira,
  
     mesmo quando,

            em pedaços,

            vou construindo

     meus dias

            solares.




Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)


Imagem: Obra de Gustav Klimt. 





]                                     


sábado, 5 de agosto de 2017

Um País Escurecido





                                                    “Aqui tudo parece
                                                                 Que era ainda construção
                                                                E já é ruína”.  (Caetano Veloso).



Que País é este,
Em que a corrupção
É o combustível das
Almas pérfidas dos políticos?
Sem máscaras
Não escondem o rosto da perversidade
De levar
A Pátria à lama...

Eles, com fôlego,
Para decorar
As suas realidades no luxo.
Com seus atos,
Cristalizam
A realidade
Absurdamente prolífera,
De uma população
Que dorme nas ruas
No lixo da marginalidade...

Que País é este,
Em que a mentira
Ordenada
Como verdade,
Apoderou-se dos sonhos?!...

Suzete Brainer (Direitos autorais registrados).



                                        


Marisa Monte








                          Adorável  Música da Marisa Monte para
                     nos proporcionar flutuar, voar!....
                  
                     Beijo e Abraço de paz!

      

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

O Encantatório da Liberdade



 



Penso em ti, e a caixa da minha memória com asas no tempo, traz a menininha de pés de bailarina (sempre em ponta...), ecoar no seu sentir integrado com a natureza: ”Tia, joga as uvinhas do mar para os peixinhos!”.  Os teus olhos guardavam o colorido das flores, do céu, do mar, dos animais. Tu sempre percorrias pelos campos verdes, a brotar o sublime da tua alma...

Existe em ti um encantatório da liberdade. Os teus pés já diziam desde criança, que tu voavas com as sementes dos teus sonhos, a semear esta sublime liberdade, descalça no toque do natural, genuíno e belo.

Nos meus olhos fica este encantamento a criar braços ao teu redor, a colher esta ternura que te veste e sempre te chama: Bru!

Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)
Imagem: Foto de Bru.

Dedicado a Bruna Lobo Brainer (Minha sobrinha e filha de alma e coração).

Bru,

Beijinhos saudosos!!