sábado, 3 de maio de 2014

Um Piscar de Olhos...






Artista Jim Warren "Sonho Watcher"






Talvez seja melhor
       
Andar de olhos fechados,

Ampliando o meu sentir.

Os sons são tão agradáveis dançando no silêncio,

O mar em suave melodia ou

No efervescente tango,

Arrebata-me para uma unidade cósmica.

O rodopio do vento nos meus cabelos,

Libertando pensamentos oníricos.


Preciso abrir os olhos,

Pois o azul do céu da minha cidade

Tem o mais belo infinito do mundo...


Entre o abrir e fechar dos meus olhos,

O colorido do mundo prevalece

Sobre a dura realidade dos homens,

Na plena suavidade bela

Da natureza.



Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)


Imagem: Obra de Jim Warren.


                                                                                                   

15 comentários:

  1. De olhos fechados olhamos para dentro de nós sem esquecer o mundo, não deixando que nos percamos nele mas entrando em sintonia com ele, captando as melodias que nos passam despercebidas quando o nosso olhar se distrai com o ruído dos dias.O som do mar, do vento, o sonho que nos chega claro e límpido nesse encontro cósmico.
    Ao abrir os olhos, mesmo que fiquemos novamente distraídos , sabemos que o cenário de encanto "prevalece" e permanece para além de todas as circunstâncias que nos levam a fechar os olhos. A beleza da natureza existe e persiste independentemente do nosso "piscar de olhos", e isso é reconfortante, apesar de tudo.
    Um poema belíssimo, Suzete! Adorei!
    xx

    ResponderExcluir
  2. A Natureza tem esse poder de suplantar os sentimentos dos homens.
    Diante dela tudo se harmoniza ,
    deixo abraços

    ResponderExcluir
  3. Fechar os olhos e sonhar acordado, sentindo e ouvido a natureza em andamento é um dos melhores exercícios do viver. Meu beijo.

    ResponderExcluir
  4. No espelho das águas

    tudo é mais claro

    ResponderExcluir
  5. Anseios, olhares que desenham, odores que tatuam...

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  6. Há momentos em que devemos fechar os olhos (para sentir, por exemplo) e outros em que os devemos abrir (para ver...).
    Belo poema , gostei imenso.
    Boa semana, querida amiga Suzete.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Da mesma forma, que podemos estar sozinhos no meio da multidão, também de olhos fechados, podemos percorrer um infinito ainda mais belo, rebuscando alimento para a alma.
    O nosso infinito, imaginário e particular!

    JINHO

    http://diogo-mar.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. fechar os olhos por vezes faz-nos "ver" melhor....

    e o azul é tão belo!

    :)

    ResponderExcluir
  9. Minha querida Suzete!

    O que importa é sentir, sentir a vida em plenitude. Muitas vezes sentimos essa necessidade de fechar os olhos, ou melhor, virar o olhar para dentro de nós. E no silêncio do nosso olhar, tomamos a percepção dessa beleza incomensurável que é a vida...
    Fico sempre fascinada, com a beleza da tua escrita e dos teus sentimentos mais sublimes...só a tua enorme sensibilidade te pode permitir fechar os olhos e observar com o coração as estrelas que brilham no céu.

    Beijinho do tamanho do mundo com muito carinho!

    ResponderExcluir
  10. O mar, sempre como pano de fundo dos sentimentos!

    ResponderExcluir
  11. Olá !
    Todo o poema que fala do mar...da sua dança e da sua musicalidade...fico presa e encantada. Um poema cheio de sentimentos belos! Parabéns! Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Entre o fechar e o abrir, acontece o sonho...
    Um poema quase dicotómico, duas partes do mesmo ser. O fechamento para aperfeiçoar ou acentuar o sentir. O abrir para reter o que levamos para dentro...
    Adorei este piscar de olhos, um título bem original e perfeito.
    Bjo, querida Suzete. :)

    ResponderExcluir
  13. Gostei de reler o teu maravilhoso poema.
    Tem um bom fim-de-semana, querida amiga Suzete.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. Nem sempre o que vimos é beleza
    Antes imaginar
    Antes ser Céu
    Em puro silêncio, onde nascem as flores…

    Beijinho

    ResponderExcluir

Este é um espaço importante para você deixar inscrito:

A sua presença,

O seu sentir,

A sua leitura,

A sua palavra.

Grata por compartilhar este momento de leitura aqui!

Abraço de Paz!

Suzete Brainer.