quarta-feira, 8 de março de 2017

Uma Garça nos meus Olhos...




Resultado de imagem para imagem de pintura de alexandrina karadjova



Ficamos num balé, dois passos meus de puro silêncio e um passo dela de graciosidade aérea. Numa proximidade de encantos os meus olhos fotografavam seus movimentos, sua plumagem, sua delicadeza trilhada numa liberdade partilhada comigo.

O solo, o arrecifes, com ondas finas e delicadas a nos tocar...

A música do mar nos isolava numa sintonia misteriosa e sagrada, que me dava à certeza, que estes momentos mágicos imprimem a poesia por dentro, a consagrar o milagre do encontro.

Foi quando disse mentalmente para ela, que não iria abusar deste tempo mágico concedido; pedi-lhe para quando voasse, me levasse junto. Ela entendeu o meu pedido, compreendendo os limites de quem não tem asas.

Distante, olhei para trás: encontro de olhares, e, ela voou e eu fechei os olhos. O meu pedido foi realizado.

Caminhei com uma garça nos meus olhos no decorrer dos dias...


Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)

Imagem: Obra de Alexandrina Karadjova.


24 comentários:

  1. Que linda tua inspiração e leva-la nos olhos foi muito bom! bjs, chica e FELIZ NOSSO DIA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata, querida Chica!

      Feliz nosso dia!...
      Beijinhos.

      Excluir
  2. Um texto belíssimo! Amei ler!!

    Beijinhos e
    Feliz dia da Mulher

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico sempre grata pela tua leitura e gentileza ímpar.

      Feliz dia da Mulher, querida Cidália!
      Beijinhos.

      Excluir
  3. De intimidade absoluta.
    Deixo um beijo solto na harmonia que se estende pela vida.


    ResponderExcluir
  4. Querida Suzete,

    Um dança mágica e livre, como o são todas as garças, que culminou numa fusão de almas.
    Ter uma garça no olhar é ver o mundo com outra dimensão, a das aves.

    Mais um belo momento este que nos ofereceu minha amiga.

    beijinho grato

    O Toque do coração

    ResponderExcluir
  5. Olá Suzete.
    Uma das formas delicadas de contar uma história é a prosa poética; que mexe
    com a nossa curiosidade, mas também se faz presente como poesia. Parabéns pela bela prosa poética.
    Um abraço.
    Pedro.

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto, Suzete! Caminhar com a graça nos olhos, graças à graça de algo!?...
    Feliz Dia da Mulher, prezada amiga e que aquela graça perpasse a sua graça também! Cordialmente. Laerte.

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga Suzete
    Minha amiga eu vim abraçá-la e parabenizá-la pelo dia de hoje e por todos os dias em que mereces ser homenageada como todas as mulheres
    Mulher, símbolo de sensibilidade. És a glória do homem, fonte terna de amizade, pérola de inestimável valor. Âncora fértil da imaginação, manancial profundo de amor. Alma misteriosa, tens inexplicável poder. Poder de conciliar trabalho, emoção, lar. Mestra na arte de amar, és uma guerreira em potencial. Parabéns amiga pelo teu dia.
    Beijos e o meu afetuoso abraço

    ResponderExcluir
  8. Suzete , fiquei feliz com a partilha e também pela sua visita e votos de bom dia da mulher . Somos todas guerreiras e donas de nosso querer . Algumas , como você , nos encantam com sua escrita . Outras , como eu , sabem apreciar . No fundo , estamos todas em sintonia , com a sensibilidade à flor da pele . Beijos , amiga .

    ResponderExcluir
  9. Que encanto e suavidade. Abraços, Suzete.

    ResponderExcluir
  10. belo e sereno texto. como às águas de um lago azul...

    Beijo, minha amiga

    ResponderExcluir
  11. Cara Suzete,
    Isto por aqui dá sempre ouro, mesmo para os perdulários como eu.
    O poema do sonho escrito pode ter outra razão confessada e revelada, por entre cílios semicerrados do desejo: o sonho do poema. A poetisa paira(ou) num esboço de liberdade em asas de gaivota. Ela própria as ganhou.
    Bj.

    ResponderExcluir
  12. harmonioso olhar sobre uma garça que sabia voar, e outra não...
    e, no desejo dos dias, o caminho fez-se em voos rentes ao sonho.
    Um belo texto poético, amiga, sensível
    aos cânticos do mar..
    Um beijo

    ResponderExcluir
  13. Belo convívio com as garças de arribação

    Bj

    ResponderExcluir
  14. Inspirado e excelente texto. Que é muito poético.
    Bom fim de semana, amiga Suzete.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Magica é a expressão deste sentir, etéreo a sua vivência. Foi perfeita a metáfora do balé, mulher de luz que és!
    Quando leres o meu poema Não te negues, sente-te homenageada!
    Bj, querida amiga 💓

    ResponderExcluir
  16. Tão suave, sonhador e belo.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  17. Suzete!
    Admiro muito sua escrita, que tantas vezes traduz alguns dos meus sentimentos. Muitas vezes voamos através daquilo que nos agrada, eu fiz um voo agora ao te ler.
    Gostaria de levar teu poema comigo para poder partilhar no "mulheres".
    Um abraço,
    Sônia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Sônia,

      Fico sensibilizada com seu comentário e é uma honra
      para mim o seu desejo de partilhar no "mulheres".
      Pode levar, querida.
      Muito grata!
      Abraço.

      Excluir
  18. A alma sensível alimenta-se de pequenas coisas, cada uma delas uma espécie de milagre...
    Lindo, Suzete!

    Um beijinho :)

    ResponderExcluir
  19. Suzete , passo para lhe agradecer o comentário no meu espaço e lhe cobrar mais postagens , rs,rs,
    Como lhe disse algumas vezes , você tem o dom da escrita e não nos pode privar de seus poemas e de sua prosa .
    Beijos , bom final de domingo e boa semana .

    ResponderExcluir
  20. Voou com a garça que ficou nos seus olhos. Mistérios de quem sabe o que escreve... Um poema muito sensível e maravilhoso, Suzete.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Este é um espaço importante para você deixar inscrito:

A sua presença,

O seu sentir,

A sua leitura,

A sua palavra.

Grata por compartilhar este momento de leitura aqui!

Abraço de Paz!

Suzete Brainer.