quarta-feira, 4 de abril de 2018

Chocolate Com Pimenta




Resultado de imagem para imagem de pintura de Dorina Costras



Guardo o gosto
do chocolate com pimenta
que aquece a minha pele,
no contato com a minha alma
sem a reserva dos limites impostos.

Guardo este meu brilho de um
sorriso com destino,
a libertar os minutos presos
da rotina do mundo.

Guardo a mim
bem devagar, saboreando
a vida que não tem pressa
de ser!...

E guardo os teus olhos
dentro dos meus,
fogo e abismo
movimento libertário.
Corpo e alma
na veloz
respiração.


Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)

Imagem: Obra de Dorina Costras.

18 comentários:

  1. Simplesmente doce, sublime, maravilhoso poema.
    .
    * Promessas de Amor em Versos Poéticos *
    .
    Deixando um abraço

    ResponderExcluir
  2. Suzete, minha Amiga

    Poema de uma beleza fulgurante e sensorial, como se todos os sentidos fossem convocados na orquestração desse “momento libertário”, em que olhares , “fogo e abismo”, se encadeiam
    e se fixam “corpo e alma” , na veloz “respiração” do instante, contra a rotina do Mundo

    e por que a “vida não tem pressa” se guarda o momento para saborear “num sorriso com destino”

    Um momento alto de Poesia. Grato pela partilha.

    beijo

    ResponderExcluir
  3. Fogo, corpo e alma e ...pimenta! Linda tua inspiração! beijos,tudo de bom,choica

    ResponderExcluir
  4. Muito bom!
    Lembro-me há anos passou em Portugal uma novela Brasileira que esse nome (Chocolate com Pimenta) :)!!

    Beijo. Boa noite

    ResponderExcluir
  5. um doce poema que abre o apetite hehe
    tudo de bom!

    ResponderExcluir
  6. "Guardo a mim
    bem devagar, saboreando
    a vida que não tem pressa
    de ser!..."

    Querida Suzete, por muitas vezes fico a pensar...mas onde queremos ir, o que queremos fazer de nossa vida com essa pressa? No mesmo momento também dou uma travada e recomeço, tranquila e consciente de que a vida não pode ser vista com esse olhar tão passageiro e apressado. Onde pretendemos ir nesse curso que sabemos onde desemboca? Penso que o melhor é diminuir a marcha e usufruir o que temos de bom, como saborear chocolate com pimenta e deixar a vida acontecer.
    Muito belo!
    Beijo, amiga.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Suzete, minha querida amiga!

    DEpois de um breve silêncio, volto para dizer-lhe que não há coisa melhor, no mundo, não há, do que "saborear a vida que não tem pressa", é o que disse Paul Éluard para Pablo Neruda com outras palavras.
    Deve ser coisa de poeta, pensei, viver sem pressa. Guardando-se para si e para o "Outro", tal como você tão bem veicula neste poema. Só falta dizer-me: aqui se aprende razão e poesia!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  8. Lindo, lindo...Adorei :))

    Hoje:- "Caminhada, entre sentidos e rimas"
    -
    Bjos
    Votos de uma feliz Sexta-Feita

    ResponderExcluir
  9. Há tantos limites que, se não tivermos essa atitude libertária, ficamos mesmo limitados...
    Parabéns pelo seu excelente poema, gostei imenso.
    Bom fim de semana, amiga Suzete.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Olá querida Suzete,
    É tão bom guardar só o que é bom de guardar, viver o que somos sem deixar que limitem o nosso ser, dar espaço à nossa alma para conquistar o mundo de um jeito que só genuinamente se consegue.
    Poesia inspirada e inspiradora, o doce de uma alma que se liberta e saboreia o melhor da vida.
    Maravilhoso poema e belíssima imagem!
    *
    Já tinha imensas saudades de passar por cá e de me deixar contagiar pela sua poesia sempre única e repleta de sentires.
    Um excelente fim-de-semana!
    Um enorme beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Rita,

      Que surpresa maravilhosa receber
      a sua visita luminosa e
      tocou profundamente este
      meu coração, com este seu
      comentário generoso e
      sincero. Uma leitura atenciosa e
      valorosa, com um comentário
      que incentiva e emociona diante
      da rara generosidade neste
      mundo tão competitivo e
      mesquinho...
      Aguardando a sua volta no
      seu espaço no tempo que
      for e o principal que receba
      o meu carinho, com os meus
      votos de felicidades a cada
      instante da sua vida, minha
      amiga.
      Muito grata e feliz com a
      sua presença aqui! !!
      Beijinhos e Abraço de
      coração grato.

      Excluir
  11. Excedes-te, querida Suzete. A poesia é mesmo de excessos, sem pressa. Excedes-te e surpreendes na altura do voo.

    Meu forte abraço de parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Feliz fiquei eu ao pegar-
    te assim, tão inspirada.
    A gente vem para te dar
    o presente da nossa aten-
    ção, mas quem é presente-
    ado somos nós.

    Um beijo.

    silvioafonso


    .

    ResponderExcluir
  13. Uma vida sem pressa. Sem limites impostos. Com o fogo e o abismo rente aos olhos... Maravilhoso poema, minha Amiga.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Suzete este é mais um de teus belíssimos poemas, que é construído com a tua grande sensibilidade, à qual se conjuga a criatividade da poetisa talentosa. Do poema, transcrevo esta bela estrofe, que fecha o poema:

    "E guardo os teus olhos
    dentro dos meus,
    fogo e abismo
    movimento libertário.
    Corpo e alma
    na veloz
    respiração."


    Parabéns, querida amiga Suzete e boa semana.
    Beijo.
    Pedro

    ResponderExcluir
  15. obrigado pelo coment. (belíssima poesia aki)

    ResponderExcluir
  16. Suzete , minha amiga querida
    O poema é belíssimo como todos de sua autoria .
    Cada amigo apontou uma estrofe que lhe bateu mais funda .
    Aqui vai a minha :
    " Guardo este meu brilho de um
    sorriso com destino ,
    a libertar os minutos presos
    da rotina do mundo ."

    Você brilha sempre !
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Um momento doce... deliciosamente picante... na dose certa... com um travo mais profundo, intenso... e arrebatador...
    Maravilhoso, poder saborear e descobrir mais outra belíssima inspiração, por aqui, Suzete...
    Deixo um beijinho, por hoje... e amanhã estarei de volta, continuando a apreciar com mais disponibilidade, o que se me escapou por aqui, nas últimas semanas...
    Até amanhã, Suzete!...
    Ana

    ResponderExcluir

Este é um espaço importante para você deixar inscrito:

A sua presença,

O seu sentir,

A sua leitura,

A sua palavra.

Grata por compartilhar este momento de leitura aqui!

Abraço de Paz!

Suzete Brainer.