domingo, 7 de abril de 2013

A Vida é uma Garça...

                               

                             


                             A vida é uma graça

                                           Uma garça branca

                                                    Voando na praça.

                                                                  Na praça

                             Há vida

                                          A graça da garça branca

                                                    Voando no infinito...

                                                                  No céu

                            Um ponto branco

                                         A garça

                                                   Com a graça da vida!

                          
                         Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)      


    

7 comentários:

  1. Uma graça é este teu poema, Suzete. A forma como você muda a posição do 'R', uma aliteração, que mostra uma metáfora que indica a leveza entre a vida e o voo da garça em direção ao infinito, que é lugar para onde impreterivelmente a vida se arremessa.
    Belo.

    ResponderExcluir
  2. Todo o voo é metáfora da queda anunciada

    Gostei em especial da harmonia fonética e do jogo de palavras/sons/significados

    Bjo. amigo

    ResponderExcluir
  3. A vida voa no rumo do vento
    Outras contra
    Na graça da vida.
    E essa é graça…

    Gosto sempre tanto de te ler!um exemplo de um poema muito teu!!
    gostei muito :)
    Beijinhos, amiga

    ResponderExcluir
  4. Voei na candura das tuas palavras.

    beijinho
    cecilia

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorri: também gosto de brincar com os fonemas e fazendo uma espécie de jogo faz-se dele a profundidade da alma...

      Graciosa garça na graciosidade da vida!!!

      Te beijo com graça :) :)

      Excluir
  6. O voo
    A estética
    A luz
    A vida

    Que graça tem a garça no infinito azul do céu!
    Como eu gosto deste voo teu!

    Beijo meu.

    ResponderExcluir

Este é um espaço importante para você deixar inscrito:

A sua presença,

O seu sentir,

A sua leitura,

A sua palavra.

Grata por compartilhar este momento de leitura aqui!

Abraço de Paz!

Suzete Brainer.